terça-feira, 30 de novembro de 2010

Papai Noel Suicida





Quando se pensa em época natalina
E Papai Noel, jamais viria à mente
Um fato cada vez mais comum como o suicídio.
Renas que carregam um trenó vazio.

Natal seria o nascimento de Jesus há mais dois mil anos
Mas, para a maioria, momento de gastar dinheiro
Perdoar quem não te respeita
E, sorrir com dentes ausentes, pra estranhos na rua.

Nada mais lógico que colocar
Papais noéis pendurados nas janelas
E sacadas dos edifícios.

Sugestão para os filhos do consumo
Indignação para quem tem olho
Quanto papai noel suicida.

4 comentários:

  1. Amo o Natal. E Papai Noel é igual a Super-herói, não morre nunca!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Cris
    tem até a capa, ou não tem? rs
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Há, nunca tinha pensado nisso, parece suicida mesmo. Seu poema sai no blog no domingo,

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Vanessa,
    um amigo ainda lembrou que só os magros permanecem pendurados, os gordos já devem ter caído. Até aí tem uma distorção para adequar à realidade de nossa sociedade!
    Vou esperar ansioso o Domingo
    obrigado
    beijos

    ResponderExcluir

Deixe aqui a sua impressão

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...